Quanto Dinheiro Levar para um Cruzeiro?

Quanto dinheiro levar para um cruzeiro?

Eis uma dúvida muito comum especialmente para os de primeira viagem. Quanto de dinheiro levar para um cruzeiro? Se gasta muito dinheiro em um navio?

Geralmente não, a não ser que você queira comprar lembranças ou serviços dentro do navio…

Já que a maioria já está incluso, desde a pensão completa com todas as refeições, atrações e em alguns casos as bebidas.

Interessado em fazer um Cruzeiro?

Cadastre seu contato e receba orçamentos personalizados com os melhores preços

Se você quiser, em cruzeiros onde as bebidas não estão inclusas, você consegue comprar antes da viagem vouchers que valem bebidas, alcoólicas ou não alcoólicas.

São diversas opções para facilitar ainda mais sua vida a bordo.

É preciso também verificar quais atrações dentro do navio são pagas a parte, como alguns restaurantes, spa e excursões.

E mesmo assim não é dinheiro que você usa dentro do navio, e sim o seu cartão de embarque.

Então, na verdade, a questão não é “quanto de dinheiro levar para um cruzeiro” em si. A sua dúvida tem que ser quanto se preparar para gastar… porque tudo vai para seu cartão de crédito.

quanto dinheiro levar para um cruzeiro

Cartão de embarque

Tudo dentro do navio é feito através do seu cartão de embarque: compras, acesso às cabines, apostas nos cassinos, cadastrar os filhos nos clubes infantis, além do embarque e desembarque.

Então as compras são todas feitas através deste cartão, nada através do dinheiro.

A única forma que você usa dinheiro é na hora de dar uma gorjeta para o camareiro (se as taxas já estiverem inclusas, não é necessário deixar gorjetas) ou se você ganhar algum prêmio nos cassinos.

Logo quando você entra no navio, você recebe a informação para comparecer na central de informações ou em alguns pontos de auto atendimento onde você consegue cadastrar o seu cartão de crédito no seu cartão de bordo, assim tudo que é comprado dentro do navio já é creditado no seu cartão.

Outra opção é você usar o seu cartão de embarque para as compras e, no final da sua viagem, comparecer nestas centrais e acertar a conta.

Particularmente, acredito ser uma opção mais prática e segura.

Como Funcionam as Compras dentro do Navio?

Dentro do navio as opções de compra são enormes, com lojas de bolsas, perfumes, doces, produtos eletrônicos e muito mais.

Algumas destas lojas são Duty Free, onde produtos são vendidos com isenção ou redução de impostos, mas é bom ter precaução.

Geralmente os valores dentro do navio são salgados e eles possuem também a sua própria cotação de câmbio, que não segue a oficial do país.

Os produtos são tentadores, principalmente nas lojas de guloseimas, chocolates e bebidas, que possuem diversas marcas que não encontramos no Brasil.

Fotografias também são muito oferecidas a bordo. É normal você ser parado nos lounges e na entrada para ser fotografado pela equipe oficial do navio.

Geralmente os navios possuem uma área onde as fotos são expostas, em diversos tamanhos, para compra. Os valores variam entre 5 e 15 dólares para as fotos mais simples.

restaurante do pullmantur monarch

Quanto Levar de Dinheiro em Passeios Fora do Navio?

Aqui também vai depender do destino que você está visitando.

Caso você esteja no Brasil, é super simples, basta optar por cartão de crédito, débito ou mesmo no dinheiro.

Agora se a sua viagem for internacional, alguns cuidados devem ser tomados.

Principalmente se você for viajar para países da América do Sul onde o Real é mais valorizado do que a moeda local, como é o caso de Argentina e Uruguai.

Vale dizer que nesses países tanto o real como dólar são aceitos nos restaurantes, mercados, shoppings e lojas, porém, cada loja possui a sua própria margem de câmbio que claro, é mais alta do que você comprar pesos argentinos ou pesos uruguaios em um câmbio no Brasil, por exemplo.

Por segurança, o cartão de crédito é sempre o mais indicado para pequenas compras.

Mas se você tiver a oportunidade de comprar pesos no Brasil, é muito mais rentável do que comprar no navio ou nos próprios países de origem.

O mesmo vale para o dólar nesses países, eles ganham mais e você acaba gastando mais também do que devia.

Se você estiver em países onde a moeda é o dólar ou euro, é sempre bom fazer o comparativo do valor da moeda em questão e das taxas de IOF do cartão de crédito, para saber qual é a forma mais vantajosa.

14 comentários

  1. Eduardo, tudo bem!!

    Vou fazer um cruzeiro em breve para uruguai e argentina.
    Tenho pelo menos duas dúvidas:
    – Não tenho cartão de crédito. No navio posso levar dinheiro para pagar como antecipação algum custo que eu tenha la dentro? E esse dinheiro é melhor em dólar ou real?
    – Quando tiver visitando uruguai e argentina, qual moeda é melhor levar, real, dólar ou peso?

    Grato se puder me ajudar
    Angelo

    • Olá Angelo, tudo bem? Obrigado pela mensagem!
      Eu recentemente fiz um cruzeiro para a Argentina e para o Uruguai a bordo do navio MSC Poesia.
      Geralmente dentro do navio tudo é cobrado em Dólar ou Euro, porém na ampla maioria pelo cartão de crédito.
      São poucos os navios que contam com câmbio dentro do navio e que manuseiam dinheiro em espécie.

      Tanto Uruguai como Argentina aceitam pagamento em Real e também em dólar, porém cada loja e cada restaurante fazem a própria cotação. Em março de 2019, eles estavam fazendo 8 por 1.
      Novamente, a melhor forma de pagamento ainda é o cartão de crédito, mas se você não pretende fazer um até sua viagem, a dica primordial é: compre pesos uruguaios e argentinos no Brasil.
      Na Argentina geralmente a cotação é mais alta e, dependendo da cidade que você vai visitar (acredito que Buenos Aires, Montevidéu e Punta Del Este) os valores são altos, por serem cidades turísticas.
      Mas se você não tiver a oportunidade, pode ir tranquilo com real mesmo que eles aceitam e até preferem, mas sempre fique atendo às cotações das moedas.
      Hoje, UM peso argentino está cotado em 0,068 reais, e o peso uruguai em 0,11 reais.

      Se você puder fazer um cartão de crédito antes da viagem, é o mais indicado. Procure cartões de lojas como Renner, as taxas são baixas e é aprovado na hora, inclusive par compras internacionais.
      Para mais dúvidas a respeito de moedas e quanto de dinheiro levar, confira o nosso texto a respeito clicando aqui.

      Não deixe de falar conosco se tiver mais alguma dúvida, ok?
      Um abraço e boa viagem!

  2. Oi Eduardo! Tudo bem?
    Estarei num Cruzeiro pela América do Sul passando especificamente por Buenos Aires e Montevideu nos próximos meses com parada de somente 1 dia em cada país e gostaria de saber de você por experiência própria quanto você me aconselharia a levar em espécie e em qual moeda seria mais benéfico, tendo em vista que o dólar está aumentando a cada dia… Eu tenho cartão de crédito internacional, seria melhor eu utilizar ele nas paradas ao invés de levar em espécie?
    Pois nos dois dias que estarei nos países, farei uma excursão em cada um e no caso os gastos não seriam uma necessidade e sim algo do tipo lembranças ou coisas que estiverem realmente em conta…
    Obrigada desde já.

    • Olá Débora, tudo bem?
      Com certeza o cartão de crédito internacional é a melhor forma de pagamento tanto no Uruguai quanto na Argentina.
      Se por um acaso você quiser comprar alguma lembrança na rua ou sorvete, cachorro quente, etc., pode pagar em Real que eles aceitam também.
      No Caminito, local que com certeza você precisa conhecer, existem diversas barraquinhas de Pancho, que é o cachorro quente argentino, e também quiósques da cerveja Quilmes, que é muito boa.
      Todos eles aceitam real ou dólar. Mas a maioria das lojas e restaurantes aceitam cartão de crédito.
      Próximo ao porto, cerca de 10 minutos a pé, há um restaurante chamado Las Nazareñas, com o típico churrasco argentino, vale também a visita.
      Se por um acaso você quiser levar peso argentino ou uruguaio, é recomendável você trocar o dinheiro aqui no Brasil, pois a cotação lá é maior do que aqui.
      Espero que aproveite a viagem!
      Um abraço!

      • Olá Eduardo!
        Muito obrigada pela respostas e dicas, vai ajudar muito!
        Tenho mais uma dúvida, se ao descer eu comprar vinhos e ou cervejas para levar de lembrança, a entrada no navio é permitida no navio, você ja vivenciou algum caso?

        • Oi Débora…
          Já vivenciei dois tipos de situações: Em uma delas, todas as garrafas e bebidas adquiridas fora ficam retidas logo ao retornar ao navio, e são entregues no dia que você fizer o desembarque final.
          Na segunda, passou normalmente e pude deixá-las guardadas na cabine, sem problema algum!
          Seja de uma forma ou de outra, pode comprar seus vinhos e cervejas tranquilamente, que pode sim entrar no navio, ok?
          Espero ter ajudado!
          Um abraço e boa viagem!

          • Olá Eduardo! Tudo bem?
            Vou fazer minha primeira viagem de cruzeiro em família, somos 4 pessoas 2 adultos e 2 crianças meu pacote e pensão completa sem bebidas 8 noites , vamos fazer duas paradas uma na Argentina e outra no Uruguai.
            Lendo as resenhas anteriores entendi que a melhor opção é usar cartão de crédito. Oque quero saber é quanto em média vou gastar no navio com bebidas, não consumimos álcool, e nas paradas Uruguai e Argentina vamos só comprar umas lembrancinhas.
            Quero estar preparada para estes gastos, agradeço desde já abraço.

          • Olá Tatiane, tudo bem?
            Primeiramente, você vai gostar muito do roteiro para Argentina e Uruguai, já fiz esse passeio e é muito gostoso.
            Para você calcular quanto vai gastar em bebidas, precisa colocar no papel quanto de refrigerantes, cerveja e outros drinks bebe por dia.
            Por exemplo, quando fiz a viagem, com esposa e filha, optamos pelos vouchers adquiridos antes da viagem, e geralmente tomávamos um refrigerante no almoço e um no jantar cada um.
            No café da manhã dificilmente, pois o navio conta com café, chá, leite e também suco a vontade já incluso.
            Durante o dia, na maioria das vezes estávamos nas atrações do navio ou fazendo excursões pelos países.
            Durante a noite, é sempre bom contabilizar algum refrigerante, cerveja, drink ou alguma bebida nos lounges.
            Geralmente os valores dos refrigerantes e cervejas no navio variam entre 3 e 10 dólares.
            O casal bebe cerveja ou tem preferência por drinks alcoólicos?
            Deixe aqui mais ou menos o que vocês costumam consumir que vou te ajudar a fazer o calculo ok?
            Um abraço!

        • Preciso de passaporte para o Cruzeiro que irei fazer Argentina/ Buenos aires?

          • Olá Fernanda, tudo bem?
            Você precisa apenas do seu RG para embarcar, lembrando que ele precisa ter no máximo 10 anos da data de expedição.
            Caso seu RG seja mais antigo, é necessário tirar outro. O passaporte também serve e segue a mesma regra, pelo menos 10 anos da data de expedição.
            QUalquer outra dúvida, só entrar em contato, ok?
            Um abraço e boa viagem!

  3. Olá Eduardo!
    Excelente explanação!
    Poderia me auxiliar?
    Farei um cruzeiro de rota Rio x Ilha Grande x Ilha Bela x Rio, pela MSC Fantasia. Os pagamentos dentro do cruzeiro só são aceitos por cartão de crédito internacional e dólar? Outra questão (talvez essa eu esteja querendo informação demais, rs): meu cartão não é internacional, mas o banco o habilitou para “compras no exterior”, será que posso ter algum tipo de problema?
    A última… rs. Os restaurantes que não fazem parte do pacote, são bem sinalizados? Eles informam que não estão dentro do meu pacote?

    Muito agradecida, desde já!

    • Olá Raiane, como vai?
      Muito obrigado pela sua pergunta e pode enviar sempre que quiser, ok? Vamos tentar te ajudar da melhor forma.
      Com relação à sua pergunta, todos os pagamentos dentro do navio são feitos através do Cruise Card. Logo na entrada, é necessário você cadastrar um cartão de crédito internacional e através dele depositar um valor X.
      Caso você não use este valor, você é reembolsado até três dias do fim da viagem direto na sua fatura. As moedas utilizadas são Dólar e Euro, mesmo em roteiros dentro do Brasil.
      Em contato direto com a MSC, eles informaram que são aceitos apenas cartões internacionais, mesmo que seu cartão esteja habilitado para compras no exterior.
      Quanto aos restaurantes, existem algumas opções que são pagos à parte, geralmente específicos, como restaurantes japonês, italiano entre outros, muito bem avaliados.
      Logo na entrada de cada restaurante você já fica sabendo quais são inclusos (geralmente o buffet e dois principais).
      Um abraço e boa viagem!

  4. Olá Eduardo!
    Esqueci de dizer que vou utilizar cartão de crédito só quero me preparar melhor para pagar essa fatura quando chegar. mas no caso de querer levar a moeda local qual valor recomendado para uma emergência tipo comprar um dog na barraquinha que não aceita cartão

    • Na Argentina e no Uruguai, em barraquinhas de Pancho (cachorro quente) ou de chopp e outras lembrancinhas, você pode fazer o pagamento diretamente no real.
      Eles aceitam a nossa moeda assim como o Dólar. Agora, se você prefere pagar na moeda local, a dica fica para trocar o seu dinheiro em alguma casa de câmbio na Argentina e no Uruguai.
      Aqui no Brasil é possível também trocar pelo Peso Argentino ou Uruguaio.
      100 Reais em Peso, vai render aproximadamente 1400 Pesos Argentinos ou 868 Pesos Uruguaios, mais do que suficiente para fazer suas compras ou alguma emergência.
      Pra você ter como referência, uma garrafa de água de um litro na Argentina custa em torno de 50 pesos, um Pancho 30 pesos, uma lata de cerveja Quilmes, a mais famosa da Argentina, 105 pesos.
      No Uruguai os valores são bastante similares!
      Espero ter ajudado!
      Um abraço e boa viagem!

Os comentários estão encerrados.